Back
Onde encontrar espaços gratuitos em Lisboa

Economizar dinheiro enquanto estudas no exterior é sempre uma boa ideia. E, em Lisboa, há muito para ver e fazer sem teres de ir à falência.

Já elegemos, neste artigo, os melhores restaurantes baratos para comer em Lisboa. Agora, nós escolhemos 10 passeios incríveis e gratuitos para fazeres enquanto estudas em Lisboa. Spoiler: há miradouros com vistas de cair o queixo, museus de arte contemporânea e jardins exuberantes. Vê abaixo e não esqueça de incluir os teus favoritos ao teu roteiro!

1. Explore Lisboa com um walking tour gratuito:

Lisboa é uma das cidades mais antigas do mundo, com uma história fascinante que remonta à era romana. E uma óptima maneira de desvendar o passado de Lisboa é fazer um tour gratuito pela cidade. Os walking tours não irão apenas levá-lo em uma viagem no tempo, mas também para ver os sítios secretos de Lisboa que apenas os locais conhecem.

Um dos walking tours mais famosos de Lisboa é o Chill-Out Walking Tour. Todos os guias são nascidos e criados em Lisboa, e podem ser facilmente reconhecidos, pois estão sempre com uma bolsa amarela e prateada estampada com um eléctrico. O tour “Original Lisbon Free Tour”, da Chill-Out, começa na Praça Luís de Camões, no Chiado, e leva os participantes a explorarem um lado menos turístico e mais realista de Lisboa. O bom é que este passeio permitirá que conheças Lisboa a partir da perspetiva do guia, já que que cada guia tem a sua rota específica. Mas todos os guias abrangem as zonas do Bairro Alto, Chiado, Baixa, Alfama e Graça. Os walking tours da Chill-Out estão disponíveis em português, inglês e espanhol.

Vale lembrar que com a pandemia, os walking tours gratuitos em Lisboa estão a tomar medidas para garantir a segurança dos participantes. Muitos deles permitem apenas um número limitado de pessoas e solicitam reserva.

Lembrete: embora os tours sejam gratuitos, é sempre bom dar uma gorjeta ao guia se gostaste da experiência. Queres saber quanto dar de gorjeta nos walking tours gratuitos em Lisboa? Pode variar, mas normalmente vai de 5€ a 20€.

2. Garante a tua dose de cultura com uma visita aos museus de Lisboa:

Muitos não sabem disso, mas alguns museus de Lisboa têm entrada gratuita aos sábados ou domingos. Então prepara-te para um final de semana super artístico!

O Museu Coleção Berardo, por exemplo, é gratuito todos os sábados. Indispensável para os amantes da arte moderna em Lisboa, o museu tem mais de 1000 obras de artistas como Picasso, Salvador Dalí, Andy Warhol, Francis Bacon, Piet Mondrian e Mark Rothko.

Mas caso queiras passar horas a desvendar obras de arte greco-romanas, egípcias, persas, arménias e mesopotâmicas, vá para o Museu Gulbenkian. Gratuito todos os domingos a partir das 14h00, o museu abriga a colecção privada de Calouste Gulbenkian, um antigo filantropo e magnata do petróleo. Incrível!

3. Visita um Património Mundial da UNESCO em Lisboa:

Situada junto ao Museu Coleção Berardo, na margem norte do Rio Tejo, a Torre de Belém é o símbolo máximo da Era dos Descobrimentos na Europa. Considerada uma das joias da história portuguesa, a Torre de Belém foi construída no século XIX e serviu de fortificação para melhorar as defesas na costa.

A Torre de Belém tem uma arquitectura típica manuelina, sumptuosa e ornamentada, com uma bela fachada em calcário bege. No interior, a torre tem 5 pisos: a Sala do Governador, a Sala dos Reis, a Sala da Audiência a Capela, com as suas abóbadas típicas do século XVI, e um terraço.

Para residentes em Portugal, a entrada na Torre de Belém é gratuita aos domingos e feriados até às 14h00.

4. Descobre os exuberantes jardins de Lisboa no “Jardins Abertos”:

O Jardins Abertos é um festival anual que acontece sazonalmente em dois fins de semana consecutivos durante a primavera e o outono em Lisboa. O evento abre as portas a alguns dos mais belos e inéditos jardins públicos e privados de Lisboa, como o jardim do Palácio de São Bento, sede do parlamento de Portugal. O festival Jardins Abertos em Lisboa é gratuito e os visitantes podem fazer tanto visitas autoguiadas como guiadas.

5. Procura relíquias na Feira da Ladra:

Todas as terças e sábados no Campo de Santa Clara, atrás do Mosteiro de São Vicente de Fora, acontece a Feira da Ladra, a feira de antiguidades mais emblemática de Lisboa. A feira teve origem no século XIII, em Lisboa, e deslocou-se de um sítio para outro antes de se fixar na atual localização.

Visitar a Feira da Ladra em Lisboa é totalmente gratuito, a menos que queiras comprar algumas das lindas antiguidades vendidas no local. É também um óptimo sítio para tirar fotos conceituais de Instagram, e podes até estender o passeio com uma visita ao Panteão Nacional.

6. Panteão Nacional (Igreja de Santa Engrácia) para uma vista deslumbrante do rio Tejo:

A Igreja de Santa Engrácia é uma antiga igreja do século XVII que foi convertida no Panteão Nacional, onde estão sepultadas várias personalidades portuguesas, como a fadista Amália Rodrigues.

A visita ao Panteão Nacional de Lisboa vale a pena por muitos motivos. O próprio Panteão é um digno exemplar da arquitectura barroca em Portugal, com uma majestosa nave ornamentada em mármore. Sem falar do terraço de onde se tem uma vista deslumbrante de Alfama e do rio Tejo.

A entrada no Panteão Nacional é gratuita todos os domingos até às 14h para residentes em território nacional.

7. Vê o nascer do sol no Miradouro Portas do Sol:

Quando se trata de miradouros, Lisboa não decepciona. Pelo contrário: Lisboa reúne mais de 20 miradouros e, por isso, os amantes de pôr do sol terão muitas opções para escolher.

Um dos nossos miradouros preferidos em Lisboa é o Miradouro das Portas do Sol, localizado perto do Miradouro de Santa Luzia. Este miradouro é um sítio famoso para a se ver o nascer do sol e é uma paragem muito conhecida entre os viajantes que chegam a Lisboa de madrugada.

Então, se tu és uma pessoa matutina, não pensa duas vezes: vai até o Miradouro Portas do Sol para o nascer do sol mais incrível da tua vida. De lá, terás uma vista memorável de um céu pintado em tons de laranja e rosa, do rio Tejo e as casinhas coloridas de Alfama.

8. Estufa Fria, um paraíso botânico para os amantes das plantas:

A Estufa Fria é um jardim botânico que abriga mais de 300 espécies de plantas originárias de diferentes continentes. Situada junto ao Parque Eduardo VII, em Lisboa, a Estufa Fria foi construída no século XX e é assim chamada devido ao seu mecanismo de aquecimento único que utiliza ripas de madeira para regular a luz solar. Lá, encontrarás plantas da Austrália, China, Peru, México, Brasil, Antilhas e Coréia, incluindo várias espécies de camélia.

A Estufa Fria é gratuita todos os domingos e feriados até às 14h00.

9. Faz um tour de arte urbana pelas obras de Bordalo II em Lisboa:

Lisboa é conhecida principalmente pela sua paisagem repleta de edifícios medievais, casas tradicionais com azulejos coloridos e uma vista deslumbrante do rio Tejo. Mas sabias que Lisboa também tem uma cena de arte de rua promissora, com muitos painéis assinados por designers, artistas e ilustradores famosos?

Um dos artistas de rua mais aclamados de Lisboa é Artur Bordalo, aka Bordalo II, neto do famoso artista português Rafael Bordalo Pinheiro. Bordalo II se autodenomina um “artivista” e as obras dele levante questionamentos a respeito de temas como consumismo, produção excessiva de plástico e materialismo desenfreado. Bordalo II até desenvolveu uma série chamada “Big Trash Animals”, que inclui esculturas de animais em grande escala feitas de lixo.

Em Lisboa, poderás encontrar muitas das obras da série “Big Trash Animals” de Bordalos II, como o Gecko and Fish, em Alcântara, o Big Racoon, em Belém, a Abelha, na LX Factory, e a Pomba Branca, no Campus da Universidade Católica Portuguesa.

10. Lê um livro na livraria mais antiga de Lisboa:

Fundada em 1732, a Livraria Bertrand foi nomeada pelo Guinness Book of World Records como a livraria mais antiga em funcionamento no mundo em 2016. Actualmente são uma rede com várias lojas em Lisboa, mas se quiseres um pouco de cultura e história, visita a loja original, no Chiado.

A Livraria Bertrand, no Chiado, fica perto da estação Baixa-Chiado do metro, e já foi um ponto de encontro entre escritores portugueses famosos como Fernando Pessoa e Eça de Queirós. A primeira loja, construída em 1732, foi destruída pelo terramoto e reaberta posteriormente. Dentro da livraria, encontrarás grandes prateleiras de madeira cheias de livros que a respeito de diversos tópicos, desde culinária até os maiores clássicos de todos os tempos.

Ultimas
Experiência Universitária em Lisboa

A tua grande experiência universitária está a chegar, por isso damos-te algumas dicas para aproveitares a tua estadia em Lisboa ao máximo!

Experiência Universitária em Lisboa

Nem sempre o clima está convidativo para saíres da tua residência, por isso damos-te algumas dicas de como aproveitares o teu tempo da …

Experiência Universitária em Lisboa

O verão acabou, mas não precisamos ficar tristes. Confere estas sugestões incríveis para aproveitares o outono!

Experiência Universitária em Lisboa

Uma das melhores partes do verão é o tardio e fantástico pôr-do-sol, e nesta artigo vamos mostrar-te sitíos incríveis para desfrutares de um …

Experiência Universitária em Lisboa

Se planeias estudar em Lisboa, então visitar estes palácios é obrigatório!

Experiência Universitária em Lisboa

Se estás a pensar estudar noutro país, então aqui estão os 5 principais motivos pelos quais Lisboa pode ser uma opção muito boa para ti.

Lisboa tornou-se num dos melhores destinos para férias, trabalho, e para estudar. A cidade capital de Portugal é famosa pelas suas fachadas …

Junho é o mês de festividades e celebrações dos Santos Populares em Lisboa! Um pouco por todo o país, todos os portugueses festejam a noite …

Queres ficar a viver em Lisboa depois de terminares os teus estudos? Então deixamos-te com 5 razões que tornam Lisboa numa cidade …

Nós escolhemos 10 passeios incríveis e gratuitos para fazeres enquanto estudas em Lisboa. Spoiler: há miradouros com vistas de cair o …

Em quase todas as zonas de Lisboa há ótimos cafés onde podes trabalhar enquanto toma um latte quentinho. Há também bibliotecas espaçosas com …

Saber quais são os melhores restaurantes baratos em Lisboa é uma grande vantagem para estudantes Erasmus que querem economizar. Comer fora o …

É normal que fiques indeciso ao tentar escolher em que zona deves viver em Lisboa. Afinal, cada bairro de Lisboa tem uma personalidade …

Lisboa é, sem dúvida, um dos melhores destinos para Erasmus na Europa. Além de oferecer um equilíbrio perfeito entre o antigo e o novo, o …

Trabalhar em Lisboa pode dar-te muita experiência, e muitas empresas valorizam a experiência profissional no estrangeiro. Se estás à procura …